Categorias
Cultivo indoor

Timer de irrigação do Drip: Como escolher o melhor uso para plantar em casa pelo app

O timer de irrigação do drip pode ser o seu grande aliado, gerando conforto, segurança e resultado para o seu cultivo. Entenda!

A tecnologia é a nossa maior aliada no dia a dia e podemos contar com ela em diversas ações do dia a dia. Para o cultivo indoor não é diferente: é possível até fazer a irrigação conforme a sua necessidade com a programação no app . Portanto, entenda como funciona a programação de irrigação do Drip e como ele pode ser positivo para o seu cultivo.

Conforto e segurança para quem é responsável pelas regas – Pode viajar tranquilo!

O fato de poder programar e regular a irrigação das plantas, independente de estar presente no ambiente, é oferecer liberdade, poder, conforto e autonomia para quem cuida do cultivo. Com os sistemas mais tecnológicos, esse controle pode ser feito através de aplicativos instalados em celulares, oferecendo também mais segurança para quem cultiva.

É muito mais prático monitorar a irrigação dessa maneira. Assim, esse cuidado pode ser constante sem precisar demandar muito tempo e dedicação de quem cultiva e deixando o grower livre para viajar, sem ter que correr riscos ao pedir para outra pessoa regar ou deixar as suas plantas sem cuidado.

Além disso, outro ponto bastante benéfico para quem cultiva indoor e quer otimizar esse trabalho é que esse tipo de recurso não requer grandes investimentos. O equipamento e a tecnologia não precisam de um grande investimento financeiro para serem adquiridos e contratados.

Programação de irrigação do Drip

Primeiro, vamos entender o que é o timer de irrigação do Drip: ele é um sistema que utiliza a tecnologia para controlar o tempo de duração, ou seja, de início e de término, da irrigação por gotejamento. Através da tecnologia, esse controle é facilitado e não precisa ser feito todos os dias manualmente.

E conforme a tecnologia foi avançando, o timer de irrigação do drip também foi. Hoje em dia, é possível controlar o temporizador pelo aplicativo Favo app. Uma maneira prática, acessível e confortável de monitorar a irrigação indoor. No mercado, existem diversas empresas que oferecem esse tipo de serviço, entretanto é necessário observar, durante a contratação, o know-how das marcas para cultivo indoor.

Como vantagens, a instalação de um timer de irrigação do drip pode oferecer:

Economia de água

A água é um recurso essencial para a existência de vida no planeta. Por isso, o seu consumo tem um preço e deve ser realizado de maneira consciente e sustentável. Com a utilização do timer de irrigação do drip, essa segurança existe. 

É comprovado que há uma economia considerável de água quando se utiliza esse recurso tecnológico. E isso acontece porque as regas são programadas, tanto para serem iniciadas quanto para serem finalizadas. 

A quantidade de água utilizada nesse período será a exata necessária para manter a saúde da planta, evitando desperdício.

Melhores condições para as plantas

Toda planta necessita de água para crescer saudável. Entretanto, alguns cultivos exigem uma rega mais regrada, com um intervalo de tempo programado e com uma quantidade de água exata. 

Essas exigências das plantas, muitas vezes, são impossíveis de serem seguidas sem o auxílio da tecnologia por conta da rotina do dia-a-dia. Por isso, podemos dizer que o timer de irrigação do drip oferece o que a planta necessita, melhorando os resultados do cultivo.

E se você gostou de saber mais sobre timer de irrigação do drip, conheça nossas soluções tecnológicas para melhorar o seu cultivo indoor!

Categorias
Materiais e Downloads

Quer garantir um crescimento saudável para suas plantas?

Salve Growers!

Quando o assunto é cultivo indoor, é comum as pessoas se depararem com problemas como falta de nutrientes, crescimento lento e surgimento de mofo em suas plantas. Mas, você sabia que todos esses problemas estão ligados ao ambiente? Contudo, se o problema está relacionado ao ambiente, qual seria a solução para resolver, já que fazer o cultivo em um ambiente externo não é uma opção? É aí que entra o VPD!

VPD traduzido do inglês significa: Déficit de Pressão de Vapor e, com ele, você pode criar o ambiente ideal para suas plantas crescerem saudáveis. 

No VPD ideal, os estômatos trabalham em um fluxo de abertura e fechamento ideal para cada fase da planta, e é através dos estômatos que são realizadas trocas gasosas e a transpiração. Dessa forma, a planta cria um fluxo de absorção de água e nutrientes pelas raízes e realiza mais fotossíntese, atingindo assim seu maior potencial.

Por outro lado, se o Déficit de Pressão de Vapor estiver muito baixo, as plantas não conseguirão transpirar, e isso pode prejudicar tanto o crescimento, como gerar fungos e bolor em suas plantas. Por isso é importante saber calcular o VPD ideal para cada fase da sua planta. 

E para te ajudar a não errar nesse cálculo, nós temos a solução perfeita: Planilha de Cálculo VPD – Growin By Favo! Com ela você saberá a temperatura ideal, para garantir um crescimento saudável para suas plantas!

Baixe agora mesmo sua Planilha de Cálculo VPD – Growin By Favo, totalmente grátis!

Categorias
Cultivo indoor

Entenda a diferença entre aspersores, gotejamento e sistemas para automatização de irrigação indoor

Os sistemas de automatização de irrigação indoor são grandes aliados de quem cultiva e das plantas. Então, entenda suas vantagens e conheça exemplos!

A irrigação é um dos pontos fundamentais para que a planta seja cultivada da maneira correta e possa crescer com qualidade. Por isso, existem diversas maneiras de fazer a irrigação, inclusive para cultivos indoor, ou seja, dentro de ambientes.

Conheça, hoje, a irrigação por aspersores e por gotejamento e entenda as principais diferenças entre eles. Além disso, veja como os sistemas de automatização de irrigação indoor podem ser vantajosos para as plantações e também para quem cultiva.

Automatização de irrigação indoor: uma solução para todos

A frequência e o volume de água e nutrientes que são oferecidos às plantas fazem muita diferença para o seu desenvolvimento. Por isso, quem deseja ter um cultivo com bons resultados deve investir conhecimento e técnica nessa prática.

Entretanto, nós sabemos que para que o cultivo seja perfeito, atendendo todas as necessidades das plantas, a irrigação pode demandar algum certo trabalho. Sendo assim, foi desenvolvida a opção de automatização de irrigação indoor, um sistema que trabalha para garantir que a umidade do solo esteja sempre no melhor nível para a planta. 

Pensando na praticidade e na otimização de resultados, a automatização de irrigação indoor permite:

  • programar horários de rega;
  • programar a quantidade de água que deve ser utilizada na irrigação;
  • programar a frequência e a duração das regas; e
  • acrescentar fertilizantes e demais nutrientes nas regas e, assim, otimizar o cultivo.

Aspersores X Gotejamento

Em relação a automatização de irrigação indoor, podemos falar que duas técnicas são muito utilizadas: os aspersores e os gotejamento. Entenda a diferença entre elas:

Aspersores

Este tipo de irrigação automatizada consiste em uma dispersão uniforme de água em toda a plantação. Como se fosse um esguicho ou uma chuva artificial, essa técnica faz com que a água seja espalhada pela superfície da planta, permitindo que sejam utilizados fertilizantes e é ideal para ambientes grandes. A irrigação por aspersores pode ser programada para acontecer em determinados horários, conforme as necessidades das plantas, entretanto não deve ser utilizada de forma contínua.

Gotejamento

Esta técnica atua de forma mais localizada, irrigando de maneira mais próxima das plantas. Esse tipo de sistema também permite que haja a aplicação de fertilizantes durante e irrigação e pode ser utilizado em ambientes menores, como no caso de estufas.

Outra característica da irrigação via gotejamento é que ela acontece próximo ao solo, otimizando a absorção da água e nutrientes pelas raízes. Nesse tipo de irrigação, o volume de água utilizado é menor, entretanto é constante para garantir que o solo fique na umidade adequada para a saúde da planta.

Nos dois exemplos citados podemos dizer que o custo-benefício é ótimo, já que os dois sistemas são de fácil instalação, promovem resultados bastante eficientes e ainda reduzem consideravelmente a necessidade de mão de obra dedicada especialmente à irrigação.

E se você gostou desse conteúdo e pretende adotar uma dessas técnicas de automatização de irrigação, conheça nossas soluções tecnológicas para melhorar o seu cultivo indoor!

Categorias
Cultivo indoor

Termo-higrômetro: entenda as vantagens de ter esse sensor para automação do cultivo indoor

Saiba mais sobre o termo-higrômetro e entenda como ele é fundamental para o sucesso do cultivo de plantas e outras atividades!

Existem algumas ferramentas que são grandes aliadas de quem busca realizar o cultivo de plantas de maneira indoor, e uma dessas ferramentas é o termo-higrômetro. Conheça esse aparelho e suas vantagens para o cultivo.

Termo-higrômetro: o que é e quais são as suas vantagens?

O termo-higrômetro é um aparelho comum em laboratórios e estufas, que visa medir a temperatura e a umidade dos gases presentes no ambiente. E o seu nome já indica esses essa função, uma vez que “termo” está relacionado à temperatura, “higro” à umidade e “metro” à medida.

E é através de um display que essas informações são relacionadas e compartilhadas. No mercado, existem dois modelos disponíveis: o analógico e o digital. O modelo analógico conta com dois medidores, como termômetros, que marcam a temperatura e a umidade, de maneira separada. A versão digital produz um gráfico relacionando as duas informações e compartilhando os dados no visor.

A tecnologia desse aparelho permite que essa medição seja realizada com agilidade, o que permite um monitoramento preciso e constante. Com toda essa praticidade, a utilização do termo-higrômetro pode ser aplicado em diversas funções como: a fabricação de cervejas, o cultivo de plantas em estufas ou demais ambientes internos, o monitoramento ambiental, o armazenamento de alimentos e até o processo de fabricação de medicamentos.

A importância desse equipamento está relacionada à precisão das informações apresentadas, já que elas são muito relevantes para essas atividades. É importante reforçar que a umidade e a temperatura podem afetar diretamente o crescimento das plantas, bactérias e fungos, além de contribuir com a qualidade de vida e saúde das pessoas.

No caso do cultivo de plantas, esse equipamento pode ser muito útil para medir a temperatura e a umidade do solo, já que não somente o ambiente interfere no crescimento das plantas, mas a qualidade do solo também se faz essencial para ter um cultivo correto.

Na prática, as vantagens que esse aparelho tecnológico pode render são muitas e variam conforme as demandas por ele. Mas, podemos destacar, principalmente, três delas:

Baixo Custo

O aparelho, apesar de contar com uma tecnologia importante, possui um baixo custo, principalmente se avaliarmos que ele pode indicar problemas no cultivo e fabricação de produtos, evitando muitos prejuízos.

Agilidade no processamento das informações

As informações são rapidamente processadas e levam apenas alguns segundos para serem compartilhadas. Assim, ele permite que o monitoramento seja ágil e constante, evitando danos às produções.

Portabilidade

Por ser pequeno e de fácil transporte, o aparelho pode ser movido para diversos ambientes, otimizando a sua utilização.

Outra informação importante é que, dependendo do tipo de espaço que o termo-higrômetro vai ser utilizado, pode ser necessária a utilização de mais de uma unidade. Afinal, fatores como janelas e entradas de ventilação, tamanho do ambiente, presença de ar-condicionado, espessura e material das paredes e teto podem influenciar na medição.

Portanto, se você deseja otimizar o cultivo de plantas ou realizar outras atividades que necessitam de informações precisas sobre a umidade e temperatura do ar, a utilização de um termo-higrômetro pode ser indispensável.E se você gostou desse conteúdo, conheça nossas soluções tecnológicas para melhorar o seu cultivo indoor! Confira em nossa loja o Growin SENSORS.

Categorias
Cultivo indoor

Você sabe o que é low stress training? Te explicamos um pouco mais sobre esse método

O treino de plantas pode parecer algo estranho e difícil de ser feito, mas é um método muito utilizado para alcançar a produtividade máxima da planta. Quando deixadas para crescerem e se desenvolverem sozinhas, as plantas chegarão até certo tamanho, com os métodos de low stress training, elas ficarão maiores e terão maior produtividade.

As técnicas de treino de plantas de baixo estresse, não agridem e não causam estresse a planta. É uma boa técnica para cultivos indoor e cultivadores com mais experiência costumam utilizar bastante.

No método de LST, as plantas são dobradas durante seu crescimento, ou seja, conforme os galhos e ramos crescem, eles são amarrados. Quando o espaço da sala de cultivo é limitado, os caules podem ser amarrados desde o início da fase vegetativa, para que haja o aproveitamento durante todo o período de crescimento possível. Esse é um trabalho constante durante todo o período vegetativo, pois conforme as plantas crescem, é necessário ajustar as amarras, fazer novas e ir modelando as suas meninas de acordo com o espaço do seu grow.

Nessa técnica, o ideal é sempre dobrar os caules para fora e longe das hastes principais. Sabemos que nem todos conseguem ser extremamente delicados, mas não tem problema caso você quebre ou entorte um ramo tentando dobrá-lo e amarrá-lo. Claro que isso desde que não seja um caule principal, mas se isso acontecer, e o caule venha a quebrar completamente, é só utilizar uma fita adesiva e remendar a ferida imediatamente. Dessa forma é praticamente uma certeza de que ela se recupere e alguns dias.

Ainda ta achand tudo isso uma loucura né? Mas é possível sim que você modele o design do seu grow utilizando essa técnica. Quanto mais cedo esta técnica for aplicada, melhor e mais fácil de manusear as plantas. Dessa forma, controlando a direção dos caules, podemos determinar o tamanho e também diferentes formatos da plantação. 

OK, JÁ ENTENDI, MAS POR QUE AMARRAR AS PLANTAS ESTIMULA O CRESCIMENTO SEM CAUSAR ESTRESSE?

A cannabis conta com auxinas, que são hormônios responsáveis pelo alongamento das plantas tanto a níveis celulares quanto visíveis, e atuam nos genes estimulando a distensão das células e o crescimento longitudinal do caule.

O transporte das Auxinas pelo Floema é regulado pelo gradiente de pressão desses vasos, então quando estão amarrados os hormônios se distribuem de maneira mais contínua e uniforme por toda a planta, limitados em altura e, consequentemente, ajudando no crescimento para os lados. O resultado são ainda mais brotos, já que ao invés de crescer para cima no sentido das gemas apicais, estimulamos um padrão mais circular.

Uma boa opção de material para fazer a amarra são as as hastes de super cropping, que seguram muito bem os caules e não prejudicam a planta por serem forrados de algodão, assim o transporte de água da planta não é prejudicado!

Categorias
Cultivo indoor

Estou plantando a primeira vez, e agora?

O cultivo de indoor têm crescido a cada dia em todo o mundo nos últimos anos, principalmente devido a baixa qualidade das plantas encontradas em muitos locais, por esse motivo usuários desde o uso recreativo e principalmente do medicinal, tem optado por ter o seu próprio cultivo.

Por mais que pareça algo muito difícil, iniciar o cultivo das meninas pode ser mais simples do que se imagina, basta ter as informações corretas para dar início ao seu grow e ficar de olho nos pequenos erros que podem ser cometidos. Pensando nisso montamos um pequeno tutorial com o básico para você dar início ao seu cultivo indoor.

Nosso objetivo principal é guiar todos os passos necessários para ter todo o controle do grow antes de iniciar o seu cultivo. Acompanhe os passos seguintes:

PASSO 1. ESCOLHA O SEU ESPAÇO PARA CULTIVO INDOOR.

O cultivo indoor, significa que ele é em local fechado, dentro de algum espaço, geralmente em alguma estufa. Ele é ideal para quem quer plantar em apartamento ou para quem não tem um jardim disponível para plantar.

O cultivo indoor é feito com luzes artificiais e uma das vantagens é o controle total do ambiente e clima do seu grow, assim você não precisa seguir o seu plantio de acordo com as estações do ano, o que geralmente ocorre no cultivo outdoor. 

O primeiro passo para iniciar seu cultivo indoor é sem dúvidas a escolha do espaço. Para iniciar você não precisa necessariamente de uma estufa profissional de cultivo indoor caseiro: um ambiente com água e ar fresco já pode ser suficiente para esse começo. Lugares como um armário, uma garagem, um cômodo vazio, um porão, um sótão ou mesmo uma estufa própria podem fazer a diferença nesse início.

Algumas coisas devem ser levadas em consideração:

PLANEJE O ESPAÇO QUE O SEU CULTIVO INDOOR TERÁ:

Quando você planeja o espaço do seu cultivo, você deve pensar não só no tamanho que suas plantas irão ficar, mas também no espaço necessário para as luzes, ventiladores, cabos e outros equipamentos e também deixar espaço para que você manuseie a planta quando necessário.

Lembrando que você pode controlar o tamanho de suas plantas por meio do controle da luz, a qual você usar para começar a fase de floração antes do recomendado, assim elas ficam menores e economizam espaço.

O ESPAÇO DEVE SER À PROVA DE LUZ

A luz é um dos fatores mais importantes para o desenvolvimento e crescimento da sua planta, é um critério crucial na hora de escolher seu espaço. Nesse caso, você pode usar lonas ou outros artifícios para deixar seu espaço totalmente à prova de luz, mas preste muita atenção e fique de olho para que não entre luz alguma nos períodos em que as lâmpadas ficarem desligadas.

A entrada de luz em períodos em que ela deveria estar completamente no escuro podem estressar a planta e aumentar a chance dela de produzir flores masculinas no período vegetativo.

FIQUE DE OLHO NA TEMPERATURA DO SEU GROW

Se o espaço determinado para que seja o grow for muito quente ou muito úmido, você pode ter rendimentos bem abaixo do esperado e por isso você não pode ignorar e deixar de controlar estas variáveis. Escolha sempre uma área seca e com acesso ao ar fresco, fará toda a diferença!

Uma dica que damos é observar se o local escolhido tem mofos ou fungos nas paredes, isso indica que a umidade ali está elevada e o ambiente está propício para o crescimento de microorganismos que podem prejudicar as suas plantas no futuro.

ACESSO

É necessário monitorar as plantas todos os dias, principalmente os iniciantes, para ter certeza que as suas meninas estão crescendo bem. Se o local escolhido não for de fácil acesso ou caso você não tenha tempo de fazer este monitoramento, recomendamos o Growin SENSORS, um produto desenvolvido para controlar diversas variantes importantíssimas na hora do crescimento das suas plantas, como umidade relativa do ar, níveis de VPD, temperatura e luminosidade, assim você ganha tempo e tem todo o controle na palma da sua mão!

SEJA DISCRETO

Por mais que você possa conhecer a sua vizinhança, ninguém quer espalhar por aí que tem um grow em casa, por isso tente encontrar um local onde você não possa ser percebido por vizinhos, afinal isso pode colocar em risco a sua segurança. 

RESUMINDO

Você precisará prestar atenção em alguns pontos para iniciar o seu cultivo indoor: 

  • Arejado
  • De fácil acesso
  • Escondido de visitantes indesejados
  • Que não entre luz ao dia (Ou que você possa fechar com lonas)
  • De um tamanho aceitável para caber suas plantas e equipamento

Cada grower faz do seu jeito, mas essas dicas são importantes para que você se estresse menos enquanto cuida das suas meninas. Mas e aí, ficou com alguma dúvida? Converse com a gente em nossas redes sociais!

Categorias
Cultivo indoor

Você sabe qual o vaso ideal para o seu grow?

Um dos primeiros passos para iniciar o seu grow é decidir qual o vaso ideal para que elas cresçam e se desenvolvam. Parece um detalhe simples mas faz toda a diferença dependendo do espaço e das condições de cultivo que você tem.

O vaso pode influenciar em diversos fatores, desde o espaço correto para que suas plantas cresçam até mesmo à saúde das raízes, que precisam de um local adequado para que elas se alimentem e se hidratem bem. 

Vasos ideais para cultivo indoor:

VASOS DE PLÁSTICO

Os vasos de plástico podem ser considerados para uso por apresentarem algumas vantagens, dentre elas o baixo custo e a fácil adição de furos para um bom funcionamento do sistema de drenagem. Um problema que você pode enfrentar ao optar por esses vasos é a falta de arejamento nas raízes e prejudicar a temperatura das mesmas, além de não serem os vasos mais duráveis e resistentes.

VASOS DE TECIDO

Os vasos de tecido são uma ótima opção para o seu cultivo indoor. Eles permitem que ocorra o air-pruning, o que faz com que as raízes se desenvolvam espessas e saudáveis, além de um maravilhoso sistema de drenagem. Apesar dessa vantagem, é importante estar em alerta com a alta drenagem, caso não acompanhado de perto, suas plantas podem secar mais rápido.

VASOS DE CERÂMICA

Conhecidos pela sua vantagem de absorver a umidade, os vasos de cerâmica também têm a vantagem de manter baixas temperaturas, protegendo as raízes em dias quentes. São desvantajosos devido ao seu sistema de drenagem porém é possível a adição de furos com as ferramentas específicas para que não danifique os vasos. 

AIR POTS

Os air pots contam com perfurações ao longo de toda a sua superfície, o que também facilita e permite o air-pruning, isso é perfeito para a oxigenação e drenagem das raízes. O custo elevado pode ser um fator de impedimento na hora de escolhê-lo, e também é necessário estar atento à quantidade de regas, pois quando nesses vasos, as plantas precisam de mais água.

Resumindo, você deve levar em consideração as vantagens e desvantagens de cada vaso, é importante ressaltar que todos os vasos precisam ter um bom sistema de drenagem para que a água em excesso seja eliminada. Preste muita atenção também no tamanho dos vasos, eles não podem ser muito pequenos pois a planta não conseguirá se desenvolver adequadamente, já em casos onde eles são muito maiores do que o necessário você pode ter um custo adicional com substratos e você terá muito espaço mal utilizado. Pense bem na hora da decisão para evitar problemas e ter o menor estresse possível.

Categorias
Cultivo indoor

Viagem e cultivo indoor: confira 3 dicas para cuidar das suas plantas longe de casa

Viajar por alguns dias, mas nós sabemos que esse momento (que deveria ser sempre celebrado) também pode virar uma grande dor de cabeça para quem cultiva em casa, afinal como cuidar das suas plantinhas e garantir que elas vão continuar crescendo enquanto você está longe? Hoje nós vamos apresentar 3 opções para esse problema e mostrar os pontos positivos e negativos de cada uma: 

1. CRIAR UM SISTEMA DE IRRIGAÇÃO CASEIRO

A primeira opção é montar um sistema de irrigação automática caseiro, podendo ser com garrafa pet, barbante ou gotejadores por exemplo. Para quem curte um Do It Yourself e não tem muito dinheiro para investir no momento essa pode ser uma boa ideia, mas o risco é com certeza alto então é preciso tomar muito cuidado e estudar bem os materiais. Nesse artigo da Growpower eles mostraram 4 ideias de sistemas que você pode criar!

– Prós: É barato e pode ser feito com materiais do dia a dia. 

– Contras: O risco é alto porque o sistema pode ter problemas, e você só vai descobrir isso quando chegar em casa. 

2. PEDIR AJUDA PARA OS AMIGOS

Essa é com certeza a opção mais simples e conhecida, afinal quem nunca ajudou um amigo a cuidar de pets ou plantinhas enquanto ele estava longe? O problema aqui é que os cultivadores sabem da importância de manter o seu Grow em sigilo, contando apenas para algumas pessoas que confiam. Dessa forma, você vai precisar de amigos de confiança que estejam na sua cidade durante as férias para te ajudar. 

– Prós: É de graça e você pode ter informações mais detalhadas sobre como estão as suas plantas. 

– Contras: Pedir ajuda para alguém que você não conhece bem é muito arriscado, portanto você acaba dependendo de poucos amigos próximos de confiança.

3. INVESTIR EM TECNOLOGIA

Hoje em dia já existem diversos sistemas tecnológicos que tem como objetivo garantir mais autonomia e liberdade para os cultivadores que querem se sentir seguros para viajar. Você pode automatizar processos essenciais como irrigação, e utilizar timers para automatizar a iluminação. Apesar de ser um investimento alto, essa é a melhor opção para quem procura uma solução a longo prazo com bons resultados, porque além de usar nessa viagem você vai poder também utilizar nas suas próximas! 

– Prós: Tem o melhor custo benefício.

– Contras: Exige um pouco de conhecimento técnico para entender quais são os melhores sistemas e quais são as melhores opções para o seu bolso.

Você quer conhecer um sistema de irrigação automatizada?

Confira tudo sobre o Growin Drip na nossa loja e caso tenha qualquer dúvida mande uma mensagem no Instagram para conversar com a nossa consultora!

Categorias
Cultivo indoor

Conheça quais os erros mais comuns no cultivo indoor

Começar a cultivar em casa é um processo que surge com algumas dificuldades mas também com muitos aprendizados. Ao longo do caminho é comum que ocorram erros mas que podem ser aproveitados para aprimorar a sua experiência como cultivador. 

Mesmo que importantes para o aprendizado, é preciso entender que esses erros podem custar caro e que muitas vezes eles chegam a desmotivador o cultivador principalmente pelo alto valor investido. Pensando nisso, hoje mostraremos como o investimento com tecnologia pode minimizar e até evitar por completo alguns deles, confira: 

1. USAR ÁGUA OU FERTILIZANTE DE MAIS 

É comum que o cultivador, principalmente o iniciante, cometa o erro de regar as plantas em excesso.  Segundo a Green Power: “utilizar uma quantidade excessiva de água pode colocar em risco o tempo natural de enraizamento e crescimento da planta” ou seja, pode parecer que regar bastante é uma forma de cuidar bem das suas meninas, mas na prática isso pode ser prejudicial para elas. 

Além disso, para quem pretende fazer a fertirrigação, um outro grande erro é utilizar a quantidade errada de fertilizantes, por exemplo usar mais para que a planta cresça mais rápido e acabar prejudicando o crescimento. 

Como já falamos aqui no blog, a melhor forma de evitar esses erro é investir em um sistema de irrigação por gotejamento, e por isso nós desenvolvemos o Growin Drip, com ele você sabe exatamente quantos mls de água serão utilizados em cada rega!

2. NÃO CONSEGUIR MANTER A ROTINA 

Outra grande dificuldade dos cultivadores é manter uma rotina de cuidados com as suas plantas. Isso acontece porque muitos começam o projeto empenhados, e depois acabam deixando ele um pouco de lado por causa das suas outras atividades do dia a dia. Isso é completamente normal, mas nós sabemos que para que as suas meninas cresçam saudáveis elas precisam de um acompanhamento frequente, e você precisa sempre saber em qual fase ela está e quais são as suas necessidades naquele período. 

Por isso, nós criamos o Favo App que faz parte do nosso sistema de irrigação automatizada. Ele permite que você programe os horários da irrigação, assim poderá diminuir a quantidade de horas da sua rotina e assim conseguir conciliar todas as suas atividades com o cultivo indoor.

3. NÃO PRESTAR ATENÇÃO NA TEMPERATURA E UMIDADE

Temperatura e umidade são dois fatores extremamente importantes para o seu Grow, por isso um grande erro dos cultivadores é não prestar muita atenção na variação deles. Segundo a Green Power “a temperatura ideal é entre 18ºC e 23ºC” e a umidade varia de acordo com o estágio da planta, sendo entre 65% e 45% na fase da floração e 70% na fase vegetativa.  

Pensando nessa necessidade de controlar dados importantes para saber tudo o que está acontecendo com as suas plantas, e assim conseguir replicar as condições ideais em todos os cultivos, o Favo App mede e disponibiliza os dados de temperatura, umidade e luminosidade do ambiente. E a melhor parte? Você pode conferir esses dados de qualquer lugar do mundo através do seu celular. 

GARANTA O SEU GROWIN DRIP E LEVE SEU CULTIVO PARA OUTRO NÍVEL!

Categorias
Cultivo indoor

Grow automatizado: a falta de tempo não vai mais atrapalhar seu cultivo

Sabemos que na correria do dia a dia pode parecer muito difícil manter um grow. Afinal, a maioria das pessoas estudam ou trabalham, muitas vezes cuidam dos familiares e possuem diversas tarefas diárias que de fato fazem com que as atividades necessárias para o cultivo indoor sejam deixadas de lado. Mas, nós acreditamos que todos os cultivadores devem ter autonomia, por isso utilizamos a tecnologia a nosso favor, e assim investimentos em um grow automatizado com um sistema de irrigação que vai facilitar a sua vida. 

Com todos os desenvolvimentos que já temos hoje em dia, é só questão de se adaptar e conhecer as opções do mercado, por isso, hoje vamos falar sobre a importância e os benefícios de ter um grow automatizado!

POR QUE INVESTIR EM UM GROW AUTOMATIZADO?

1. EVITAR DESPERDÍCIO E FALTA DE ÁGUA

É importante compreender a irrigação como uma atividade essencial, que vai muito além de jogar água. Você precisa manter a frequência e saber a quantidade certa de água que deve ser utilizada, porque doses excessivas podem prejudicar as raízes e a falta pode prejudicar o desenvolvimento das plantas. Quando você automatiza a irrigação é possível controlar exatamente quantos ml de água serão utilizados, assim você evita o desperdício desse recurso tão importante, economiza nas suas contas e tem um controle melhor de como está o crescimento das suas meninas!

2. PODER FICAR LONGE DE CASA 

Um dos melhores benefícios de automatizar a rega das suas plantas é poder viajar e ficar longe de casa sem se preocupar. Sim: isso significa que você não será mais um “escravo” das plantinhas, tendo autonomia para ficar longe de casa por longos períodos. E, com o Workerbee você ainda pode controlar a temperatura e a umidade do ambiente de cultivo de qualquer lugar do mundo através do seu celular!

3. NÃO PREJUDICAR A SUA ROTINA

Como já falamos um pouco na introdução, instalar e manter um grow exige várias atividades como estudar, planejar, plantar, adubar e regar, e é inevitável que isso afete a sua rotina de alguma forma. Por isso, automatizar a irrigação é uma boa saída para não prejudicar as suas outras tarefas. É claro que isso não significa deixar de olhar as suas plantinhas ou de mexer na terra quando precisar (aliás com a rega automatizada você terá muito mais tempo para isso). No fim todo mundo sai ganhando: as suas plantas vão crescer saudáveis, e você não vai precisar mudar toda a sua rotina para encaixar os cuidados delas apenas nos horários livres.

Agora que você já conhece todos os benefícios da irrigação automatizada conheça uma solução que vai revolucionar o seu cultivo indoor.

Com o Growin Drip você consegue agendar os horários de irrigação e acompanhar os dados do seu local de cultivo de qualquer lugar do mundo através do nosso aplicativo. Além da rega automática, ele possui sensores que capturam dados referentes à luminosidade, umidade do ar, temperatura relativa e VPD assim você tem muito mais controle sobre o seu ambiente indoor. Que tal conhecer essa nova forma de cultivar?