Categorias
Cultivo indoor

Você sabe o que é low stress training? Te explicamos um pouco mais sobre esse método

O treino de plantas pode parecer algo estranho e difícil de ser feito, mas é um método muito utilizado para alcançar a produtividade máxima da planta. Quando deixadas para crescerem e se desenvolverem sozinhas, as plantas chegarão até certo tamanho, com os métodos de low stress training, elas ficarão maiores e terão maior produtividade.

O treino de plantas pode parecer algo estranho e difícil de ser feito, mas é um método muito utilizado para alcançar a produtividade máxima da planta. Quando deixadas para crescerem e se desenvolverem sozinhas, as plantas chegarão até certo tamanho, com os métodos de low stress training, elas ficarão maiores e terão maior produtividade.

As técnicas de treino de plantas de baixo estresse, não agridem e não causam estresse a planta. É uma boa técnica para cultivos indoor e cultivadores com mais experiência costumam utilizar bastante.

No método de LST, as plantas são dobradas durante seu crescimento, ou seja, conforme os galhos e ramos crescem, eles são amarrados. Quando o espaço da sala de cultivo é limitado, os caules podem ser amarrados desde o início da fase vegetativa, para que haja o aproveitamento durante todo o período de crescimento possível. Esse é um trabalho constante durante todo o período vegetativo, pois conforme as plantas crescem, é necessário ajustar as amarras, fazer novas e ir modelando as suas meninas de acordo com o espaço do seu grow.

Nessa técnica, o ideal é sempre dobrar os caules para fora e longe das hastes principais. Sabemos que nem todos conseguem ser extremamente delicados, mas não tem problema caso você quebre ou entorte um ramo tentando dobrá-lo e amarrá-lo. Claro que isso desde que não seja um caule principal, mas se isso acontecer, e o caule venha a quebrar completamente, é só utilizar uma fita adesiva e remendar a ferida imediatamente. Dessa forma é praticamente uma certeza de que ela se recupere e alguns dias.

Ainda ta achand tudo isso uma loucura né? Mas é possível sim que você modele o design do seu grow utilizando essa técnica. Quanto mais cedo esta técnica for aplicada, melhor e mais fácil de manusear as plantas. Dessa forma, controlando a direção dos caules, podemos determinar o tamanho e também diferentes formatos da plantação. 

OK, JÁ ENTENDI, MAS POR QUE AMARRAR AS PLANTAS ESTIMULA O CRESCIMENTO SEM CAUSAR ESTRESSE?

A cannabis conta com auxinas, que são hormônios responsáveis pelo alongamento das plantas tanto a níveis celulares quanto visíveis, e atuam nos genes estimulando a distensão das células e o crescimento longitudinal do caule.

O transporte das Auxinas pelo Floema é regulado pelo gradiente de pressão desses vasos, então quando estão amarrados os hormônios se distribuem de maneira mais contínua e uniforme por toda a planta, limitados em altura e, consequentemente, ajudando no crescimento para os lados. O resultado são ainda mais brotos, já que ao invés de crescer para cima no sentido das gemas apicais, estimulamos um padrão mais circular.

Uma boa opção de material para fazer a amarra são as as hastes de super cropping, que seguram muito bem os caules e não prejudicam a planta por serem forrados de algodão, assim o transporte de água da planta não é prejudicado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.